Viagem de moto pelo Brasil

Pensei que seria possível cruzar o estado do Mato Grosso em um dia, mas como o estado é muito grande eu não consegui. E assim, ainda no Mato Grosso, eu já estava decidido a chegar ao Paraná neste dia.

Segui viagem e o GPS não me dava uma rota inteligente, mas sabia que estava correto o caminho. Ao chegar ao Estado de São Paulo, por volta das 15h, o pneu furou. Foi a primeira vez em todas as minhas viagens que o pneu furou por conta de uma perfuração, nos outros foram o remendo a frio que se rompeu, ou seja, remendo a frio não combina com viagens.

Utilizei minha arma secreta, uma câmara que reparei na Carretera austral na minha viagem a Ushuaia. Como fazia uns 60 dias desde essa viagem e a atual câmera de 4 mm ainda estava sem uso. Desmontei o pneu e reparei no acostamento da Raposo Tavares. Usei minha espátula e meu mini compressor e pronto, já estava novamente na viagem. Detalhe foi que eu percebi que minha relação já tinha sua vida útil acabado.

Foram 960 km percorridos nesse dia.