Viagem de moto pelo Brasil e Bolívia

Acordamos às 6 horas da manhã e saímos lá pelas 7 horas. Depois abastecemos as motos e pegamos a estrada. Durante toda a viagem essa foi a rotina de todas as nossas manhãs. Hoje a estrada tinha muitos caminhões, algumas corcovas e buraquinhos básicos, porque estamos no brasil.

Almoçamos num restaurante de estrada muito bom e comemos uma sobremesa deliciosa. Restaurante de trabalhadores. Fazia muito calor, de fazer suar muito dentro do capacete. Fazia bigode de suor, chato isso. Infelizmente encontramos muitos bichos mortos ao longo da estrada. Mas o visual é lindo. Estávamos no pantanal.

Passamos sobre o Rio Paraná por uma ponte bonita. Seguíamos em direção às cidades de Nova Alvorada do Sul e Campo Grande e quando chegamos à placa que indicava Corumbá viramos em direção àquela cidade. Mais um pouco e chegamos a Miranda (MS), uma cidade pequena onde o trilho do trem passa na avenida principal. Muitas árvores e muitos casais de papagaios que fazem das arvores dormitórios e se concentram nas copas, fazendo um barulho bem legal. Eles estão sempre em casais. Tínhamos percorrido 572 km nesse dia.

Ficamos em uma pousada bem legal, com piscina e uma decoração bem diferente também. Entramos pela porta principal da pousada com as motos, que ficaram dentro da recepção.