Viagem de moto pelo Peru

Hotel bom, quer dizer, café da manhã bom. Saímos depois das 8 horas atrás do tal seguro e de trocar dólares por soles. Conseguimos trocar o dinheiro e fazer o seguro após pagar 91 soles. Saímos de puno por voltas das 11 horas da manhã. Abastecemos sem problemas no peru. A estrada era boa em alguns trechos e ruim em outros. Isso era uma constante.

Chegamos a uma cidade chamada Juliaca onde encontramos um inferno de trânsito, mocinhos, vans e tuk tuks e sem asfalto, poeira, pedras, trilhos e esgoto pela rua. Uma neura.

Viagem de moto pelo Peru
Juliaca

Viagem de moto pelo Peru
Cidade

Depois passamos por uma região com montanhas muito bonitas. Começou a chover, mas não era forte. Nossa viagem foi até aqui sem chuva forte.

Viagem de moto pelo Peru
Trem que vai para Cusco

A entrada de Cusco é um horror. Casas feias, carros velhos e trânsito pesado. Encontramos um hotel, mas a rua estava impedida e não pudemos ficar nele, então fomos para outro, longe da praça e do centro histórico. Hotel fraco, sem café da manhã, mas tinha garagem.

À noite fomos para a praça e para nossa surpresa todos estavam indo pra lá também. Era Semana Santa no Peru e Cusco estava cheia de turistas para ver a procissão na praça. Tudo parado, acho que tinha mais de 20 mil pessoas na praça, ninguém se mexia ou andava. Descobrimos um Starbucks em cima de um hotel e ficamos lá ate acabar a procissão. Depois demos de turistas na praça e voltamos para nosso hotel para dormir.

Percorremos 387 km no dia.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia