Voltei para a estrada em direção ao norte. Pouco depois de passar por Montes Claros (MG), peguei 25 quilômetros de estrada muito ruim, que fez o suporte do baú ter o primeiro problema. Em seguida, um caminhoneiro (não sei se posso chama-lo de caminhoneiro ou irresponsável),

Se for fazer o trajeto desde Verdelândia até Mocambinho, na região de Jaíba, tenha cuidado e não passe à noite. Embora bonito, é perigoso. Para minha sorte, eu percorri os 8 km e cheguei a Itacarambi, onde tem a balsa,

Após conhecer mais uma nascente, a do rio Pandeiros, no caminho entre Pandeiros e a Chapada Gaúcha conheci o Rio Pardo e o seu Sumidouro. Foram 140 km de estrada de terra. Nossa! Ter que andar devagar é dolorido. Das 7 até às 18 horas eu andei a 30 km/h na estrada de terra

Pagina 1 de 4
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pelo Brasil

Viagem de moto até a Chapada dos Guimarães

Durante cinco dias do mês de setembro de 2010, o brasiliense Carlos Gold acompanhado de alguns...

Feriado de castigo

Como minha atividade é ininterrupta - Posto de Gasolina, considero uma cadeia aberta, você pode...

Do Piauí ao Paraná de moto

Durante 27 dias, três motociclistas do moto clube Asas do Delta, da cidade de Parnaíba, no estado...