Na manhã seguinte, após uma noite com sustos e nada de onça, segui para Formoso de Minas. Sobre a cidade, tem um rio próximo, mas tem que pedir para o dono da fazenda para conhecer, mas não vi nada de extraordinário e tem que andar mais de 10 km na fazenda dele.

Infelizmente, não conheci o Poço Azul, pois era domingo e a polícia e o dono da fazenda estavam no local, então não quis enfrentar um processo. Também desanimei de ir conhecer o Buraco das Araras que também existe em Goiás e ficava a 42 km de estrada de terra.

Foram 40 km de estrada de terra e 40 de asfalto. Novamente ao percorrer a estrada de terra, em frente às Águas Termais na Chapada dos Veadeiros, o suporte deu problema. Demorei para chegar a São Jorge, mas fui para Alto Paraíso que fica a uns 50 km aproximadamente de lá.

Sai cedo de São Domingos rumo a São Desiderio, mas errei o caminho e depois de 30 km voltei ao roteiro correto. No trecho onde percorri o caminho errado passei por um andarilho e resolvi voltar e ajuda-lo. A bicicleta dele furou a câmara de ar

Após o café da manhã e desarmar a rede, segui para a cidade de Mateiros, onde fica o Parque Estadual do Jalapão. Para ir ao Jalapão, resolvi passar por Dianópolis. O trajeto que segui não é feito para os turistas do Jalapão, mas tem um visual lindo,

Pagina 2 de 4
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia