Viagem de moto até Ushuaia, Argentina

Odileno, quando acordamos, já havia partido para encontrar Moacyr que já havia conseguido o pneu que veio de Santiago. Havia também colocado uma câmara de ar para compensar o amassado na roda, que agora além de amassada, estava também trincada, na tentativa do borracheiro desamassar.

Seguimos para El calafate, que não era muito longe de onde estávamos. O vento foi um companheiro não muito agradável nesse período.

Chegamos e fizemos fotos na entrada da cidade. Em seguida fomos procurar hotel. Depois de muito procurar, fomos ao hotel Bahia que fez o melhor preço para um triplo, 210 pesos.

Entramos, guardamos as motos e tomamos um bom banho quente num chuveiro cinematográfico de bom, o melhor de todos os hotéis que ficamos.

Saímos a pé para comer alguma coisa e ver outras. Eram dezenas de casas de lembranças com adesivos, roupas de frio e outros atrativos.

Fomos a um bar de madeira no primeiro andar, onde pedimos um prato que era omelete com batatas fritas. Pedi uma cerveja Quilmes para passar um pouco o estresse e pedi um limão e sal para a garçonete, que ficou apavorada comigo colocando limão e sal na cerveja e tomando. Demos muitas risadas por isso.

Depois voltamos para o hotel a pé com um vento cortante de frio.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia