Viagem de moto até Bariloche, Argentina

Saímos bem cedo e passamos no supermercado que ficava em frente ao hotel para umas compras básicas, como pasta de dente, sabonete, sabão de coco para lavar roupas e frutas diversas.

Voltamos e nos pusemos a lavar toda a roupa suja da viajem numa banheira no quarto do hotel, e depois fizemos um varal dentro do quarto e penduramos tudo para secar.

Depois fomos para a rua andar a toa e conhecer a famosa Bariloche. Entramos num restaurante e comemos batata frita, frango frito, ovos e contra filé. Eram 3h45min da tarde.

Depois fomos passear de moto. Na volta nós três entramos numa rua contramão sem percebermos. Kadim, que estava mais à frente, conseguiu contornar e entrar num desvio, eu e Oliveira demos de cara simplesmente com o carro da policia. Contornei o mais rápido que pude, Oliveira me acompanhou e seguimos de volta sem olhar para trás. Andamos uns 2 km até acharmos o contorno, e voltamos para a cidade onde encontramos o Kadim.

De Bariloche ao Oceano Pacífico eram 350 km e conversamos que nós poderíamos ir até lá fazer uma visita. Decidimos que iríamos.

À noite comemos croissant com suco e bananas com pêssegos que compramos no supermercado.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia