Viagem de moto até Ushuaia, Argentina

Acordamos bem cedo e fomos tomar café em um restaurante maravilhoso, mas para nossa surpresa, o café somente começava a ser servido depois das 8 horas e eram ainda 07h50min. Como estávamos com pressa, seguimos para tomar café num posto de abastecimento.

Erramos o trevo para o nosso destino porque as placas não indicavam as primeiras cidades como deveriam, andamos no frio violento por 20 km e depois tivemos que voltar para pegar o trevo certo.

A paisagem era maravilhosa apesar do frio. As montanhas gigantescas que nos cercavam eram impressionantes. As curvas do caminho montanhoso ótimas, mas muito perigosas, exigindo muita atenção na condução das motos.

Almoçamos em um restaurante à beira da pista. Tinha como decoração a cabeça de um Javali enorme. Comemos bem a la carte e seguimos em frente.

Passamos por Osorno e fomos em direção a Bahía Mansa. Encontramos o Oceano Pacifico às 2h55min da tarde. O primeiro visual foi inesquecível. O mar azul de águas geladas é o mais belo de todos.

Paramos as motos à beira da estrada e tirarmos fotos numa paisagem que se via a cidade e o Oceano.

Entramos na praia com botas, calça de couro e camisa dos Águias. Brincamos nas águas geladas, tiramos fotos e filmamos nosso encontro com mais esta conquista.

Após isso, retornamos e voltamos para nosso destino, enfrentando mais uma vez a Aduana, só que chilena, mas sem problemas.

Chegamos a Bariloche as 10h15min da noite. Paramos num lugar que servia frango frio e comemos um belo bife, bem passado, com batatas fritas, tudo de primeira qualidade e com um bom atendimento desta vez.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia