Viagem de moto até Ushuaia, Argentina

Logo cedo tentei ligar para minha esposa Madalena, por ser o aniversario dela, mas estava num conflito de área que não conseguia fazer ligação, pois saia na argentina e em outros lugares.

Arrumamos as motos e logo cedo o calor de Foz de Iguaçu mostrou sua cara.

Fomos até Cascavel e ali consegui completar a ligação para Madalena. Em seguida liguei para minha irmã em Umuarama, dizendo que iríamos almoçar com ela.

Seguimos então até Umuarama. Faltando uns 40 quilômetros, fomos surpreendidos pela Policia Rodoviária Federal, fazendo uma ultrapassagem em faixa dupla. Não deu outra. A primeira multa depois de rodar 15 mil quilômetros.

Chegamos a Umuarama às 12h17min e almoçamos com minha Irma e meu cunhado. Conversamos um pouco e saímos as 1h45min com destino a Marialva, passando por Maringá primeiro.

Visitei amigos e sobrinhos em Marialva e fui ao cemitério visitar o túmulo de minha irmãzinha, falecida com 1 mês de idade, que não conheci e que faleceu em 1956.

Antes de sairmos de Marialva, cidade onde nasci, Kadim e Oliveira foram numa oficina apertar as correntes das motos. A minha não precisou.

Tocamos em frente. Perto de Andirá, às 9h10min da noite, a gente querendo chegar a Ourinhos, Kadim e Oliveira foram multados novamente, numa mesma situação. Haviam dois guardas de fora da guarita vendo a ultrapassagem e, como eu estava atrás de outro carro e não ultrapassei por ser próximo à policia, escapei.

Chegamos a Ourinhos-SP e achamos rapidamente um hotel barato e confortável.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia