Saímos bem cedo e passamos no supermercado que ficava em frente ao hotel para umas compras básicas, como pasta de dente, sabonete, sabão de coco para lavar roupas e frutas diversas.

Fizemos a tradicional foto na placa do posto policial da entrada da cidade e em seguida pegamos a estrada, como sempre, de excelente qualidade.

Com menos frio e vento, nesta etapa, as motos começaram a render normalmente... e toma enrolar o cabo do acelerador.

Saímos de Neuquén às 9h34min, mas antes voltamos à oficina para o Kadim trocar o pneu de uma vez.

Erramos a bendita saída da cidade e depois de acertar o caminho, enrolamos o cabo do acelerador no calor insuportável das retas infernais, que nos fazia cochilar sobre as motos.

Logo cedo tentei ligar para minha esposa Madalena, por ser o aniversario dela, mas estava num conflito de área que não conseguia fazer ligação, pois saia na argentina e em outros lugares.

Arrumamos as motos e logo cedo o calor de Foz de Iguaçu mostrou sua cara.

Pagina 3 de 4
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia