Viagem de moto pela Argentina

O frio era intenso pela manhã e o tempo encontrava-se nublado. Resolvemos então alugar uma Station Wagon, para fazer os passeios. Partimos então para Cerro Catedral, local onde fica a mais famosa estação de esqui de Bariloche.

No local existe estrutura para receber milhares de turistas, com lojas, hotéis, bares, boates e diversos teleféricos, que ficam em pleno funcionamento durante o inverno, com aluguel de toda a parafernália específica para esquiar. Como estávamos em plena primavera, somente o principal teleférico com bondinho encontrava-se em funcionamento. Pagamos 40 pesos (R$ 14 aproximadamente) por passageiro e partimos para a aventura. Subimos até 2.890 metros de altitude e, na medida em que nos aproximávamos do topo, encontrávamos cada vez mais gelo.

Descemos em uma plataforma com um restaurante anexo e ficamos encantados com o primeiro contato com a neve. À nossa frente, uma excursão com diversas crianças fazia a festa, com guerra de gelo, gritos, descidas em "esquibunda", uma verdadeira bagunça. Entramos também no espírito predominante, fazendo bolas de gelo, jogando nos outros e tomando tombos. Sentimo-nos crianças novamente.

Viagem de moto America do Sul

Tomamos um vinho no bar e partimos em direção à uma rampa com cadeiras que conduzia ao topo da montanha. Ao chegarmos lá encontramos um deque com
mirante, de onde conseguimos ter uma visão total de Bariloche, com suas montanhas nevadas, a cidade, as estradas de acesso e os diversos lagos ao seu redor. A claridade era tanta que tínhamos dificuldades para enxergar.

Viagem de moto America do Sul

Retornamos à base e partimos em direção ao Circuito Chico. Localizado entre o lago Nahuel Huapi e o Lago Moreno, passa por Llao Llao, local onde se encontra hotel de mesmo nome que merece uma visita pela sua localização, sendo tema de diversos cartões postais.

Viagem de moto America do Sul

Passamos ainda pela Colônia Suíça, em estradas de rípio onde seus moradores se refugiam, lembrando demais as pequenas vilas suíças, com pequenos córregos correndo à entrada de suas propriedades.

Retornamos em direção ao centro, passando rapidamente pelo Cerro Otto, com acesso via teleférico à confeitaria Rotatória, com vista total da cidade de Bariloche.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização