Viagem de moto pelo Chile

Mendoza é a província responsável pela produção de 70% dos vinhos argentinos. Bodegas tradicionais e centenárias, umas mais artesanais e outras mais avançadas tecnologicamente, exportam 20% da produção e distribuem o restante para consumo interno, com bebida de ótima qualidade.

Embora chova pouco na região, há água em abundância em virtude do degelo dos Andes e a irrigação torna possível controlar o vigor e a qualidade dos cachos das uvas. Conversamos com a recepcionista do hotel, que nos indicou duas bodegas a serem visitadas, a La Rural e a Bodega Lopez, tradicional e centenária (www.bodegalopez.com.ar).

Apesar de mapa indicativo, a dificuldade para chegar lá foi enorme. O argentino é péssimo em dar informação e rodamos umas 3 horas para conseguir finalmente localiza-la. Nossa visitação foi monitorada pela Maria, que nos levou por um “vinho-tour”, passando por todas as instalações. A degustação é feita no subsolo, com diversos corredores onde são guardadas centenas de garrafas separadas por safras e ali permanecem envelhecendo. Nesse processo encontramos vinhos que estavam desde 1970 e quando lançados terão preço bem elevado. Mendoza também possui diversas praças e cafés e é bem movimentada.

Viagem de moto America do Sul

Viagem de moto America do Sul

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização