Viagem de moto pela Argentina

Partimos cedo. Logo o tempo começou a escurecer e fortes ventos dificultaram bastante nossa viagem. Paramos em uma estación de servicio para abastecimento e uns policiais informaram que em San Luiz estava se formando uma intensa tempestade.

Com características de tormenta, habitualmente vem acompanhada de ventos fortíssimos e chuva de granizo, podendo ser muito perigosa.

Resolvemos aguardar sua passagem, porém após meia hora de espera, nada de tempestade. Seguimos viagem e ela foi bem tensa, com chuva e frio, porém sem maiores riscos.

Em San Luis estava fazendo muito calor e, na direção de Luján, pegamos chuva por mais de 100 quilômetros e uma pequena chuva de granizo.

Chegamos a Villa Dolores, onde se iniciava um trecho com belas montanhas. Esse trecho lembra muito a região serrana fluminense, com boa estrutura de hotéis, pousadas, restaurantes e produtos regionais. Mais adiante passamos por Mina Clavero com belas formações rochosas de um lado e um vale imenso no outro. Muitas curvas, com chuva e frio intenso.

Chegamos ao final da tarde a Córdoba e paramos na BMW para agendar troca da relação na moto de Regina.

Chegamos ao hotel após as 21h e, após banho, saímos para jantar.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização