Viagem de moto pelo Brasil, Macaé

Marcos Pires partiu mais cedo com o motorista do caminhão e combinamos de, ao chegar ao Rio, entrar em contato telefônico para ver se a Autokraft daria solução rápida e seguiríamos viagem juntos. Não teve jeito e seguimos viagem.

No pedágio da Ponte Rio-Niterói, notei que o pneu do Sérgio estava baixo e paramos num borracheiro. Marcos Pires ligou avisando que sua moto ainda demoraria.

Conforme Macaé se aproximava, eu ia me lembrando dos 34 dias de convivência e uma grande amizade que ali se cristalizava.

Próximo a Macaé eu vinha puxando o grupo. Sérgio passou à frente e parou exatamente no local onde nos encontramos para iniciar essa jornada. Não conseguimos conter a emoção, nos abraçamos e choramos e ali se iniciou esse sentimento de sempre realizar longas viagens juntos.

Foram 11.051 quilômetros de aventuras que ficaram eternizadas em nossos corações.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização