Mapa 11 dia

 

11º dia - 7/maio/2013 - Ocongate - Cuzco

Os 150km para Cuzco foram fáceis. Saímos não muito cedo de Ocongate depois de um bom café da manhã, bagagem nas motos e uma calorosa despedida dos novos amigos Rúben e Willy.

RubénWilly amigo do Rubén

Estrada boa com alguns trechos em manutenção sem asfalto. Serra deliciosa, curvas perfeitas e vista maravilhosa mas nossa média era de 40km/h. Aliás, interessante que as pessoas não informam as distâncias em km mas sim em horas de deslocamento. Parei para filmar um vale lindo e o Ruy se distanciou. Volto a ligar minha Fatboy e as curvas me chamam e convidam para uma "tocada" mais forte. Uma curva, duas, dez, pequenas retas, acelero, freio, pedaleira arrastando em alguns pontos e... CADÊ O FREIO TRASEIRO?!! O óleo esquentou e o pedal foi no batente... Coisas de Harley... Agora a tocada passou pra tia Maria. Marcha reduzida, só freio dianteiro e 20km/h...

Chegada em Cuzco com muito trânsito mas o Ruy orientou no trajeto e decidiu muito bem na escolha do hotel (bem localizado e deixaram colocar as motos dentro da recepção!).

Brasileiro que encontramos em cuzco Grupo de motociclistas brasileiros

Encontramos um casal brasileiro Laurindo e esposa saindo para um city tour. Nos juntamos e conheci (Ruy já conhecia tudo lá) muitos locais interessantes.

À noite, jantando um peixinho bem saudável num restaurante de esquina encontramos um grupo de motociclistas brasileiros que vinha do sul e de outras partes. Foi uma festa. Ficaram super surpresos com a programação dos dois véinhos de 63...

Redação Fernando

Comentários (15)

This comment was minimized by the moderator on the site

Prezados Rui e Fernando. O problema no freio traseiro não é da Harley, não. Aconteceu comigo também, minha moto é uma Yamaha Midnight star. Na verdade com a altitude, criam-se bolhas no fluído de freio pelo fato do mesmo ser de densidade baixa (DOT3 ou 4). Para solucionar o problema no freio traseiro, troque o fluído por um que seja DOT 5 o u 6. Aí no Perú você vai encontrar, porque eles usam em suas máquinas, justamente por causa desse fenômeno. Faça isso porque você vai precisar, principalmente quando estiver passando por uma das estradas que é considerada por um programa de televisão como uma das estradas mortais. É muito lindo, mas dá um nervoso. Essa estrada é a partir de CUSCO com destino a LIMA.
:-|

This comment was minimized by the moderator on the site

Coloquei o DOT 5 e ficou excelente!

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito bom o relato da viagem as fotos. Só quero lembrar que gostaria de saber sobre Belize e sobre como voces sairam/sairão do américa do sul para entrar na América Central ou Caribe. Pois quero fazer este percurso no próximo ano....Saindo de Recife, numa Harley também...estão levando galão extra de gasolina? saudações e boa sorte, tambem já passei dos 60, rsrsrsr

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá Roberto! Se não respondemos peço desculpas mas pode vet os relatos dos dias em que passamos por Belize. Vet mais adiante. Abs e vamos com a gente!

This comment was minimized by the moderator on the site

Fernando!!!!! Vcs estão de parabéns pela viagem e organização de tudo!!! Uma aventura inesquecível e maravilhosa!!!!! Deus esteja sempre com vcs!!!! Bjusss

This comment was minimized by the moderator on the site

Tenho muito orgulho de ser amiga desde homem, Corajoso, destemido, aventureiro...se já o admirava nos nossos passeios de Jipe ( nosso mestre ) agora não tenho mais palavras para descrever "ESSE GRANDE HOMEM", só posso dizer que estou encantada com sua coragem! Corajosos... ou loucos? Loucos? Talvez um pouco. Mas é desses momentos de «loucura» que é feita a História. A História com h maiúsculo. Corajosos, destemidos, aventureiros. Mas, acima de tudo, impe- lidos por um desassossego sem fim. Uma necessidade inexplicável de ir mais além, de chegar onde poucos chegaram! São histórias cheias de emoção com personagens de carne e osso. Pessoas aparentemente comuns, mas que, num momento das suas vidas, se tornaram diferentes, especiais. Aventureiros por na- tureza, sem dúvida. Para o comum dos mortais, é muito difícil entender as razões que impelem um homem a arriscar a própria vida para desbravar territórios desconhecidos, deixando em casa a família com o cora- ção apertado. Admiramo-lo, tecemos-lhe louvores, aplaudimo-lo. Estou encantada com sua coragem amigo Fernando Duarte!

This comment was minimized by the moderator on the site

Oi menina! Saiba que sua mensagem nos emocionou MUITO. Não são apenas palavras, são uma torcida e vibração positiva que sei vem do coração e que precisamos muito. Fico sem jeito e sei que não mereço isso tudo. Mas são palavras que guardarei pra sempre!

This comment was minimized by the moderator on the site

Hahaha...veinhos de 63, nada....jovens de 63, isso sim... Bjs

This comment was minimized by the moderator on the site

Prezados Rui e Fernando. O problema no freio traseiro não é da Harley, não. Aconteceu comigo também, minha moto é uma Yamaha Midnight star. Na verdade com a altitude, criam-se bolhas no fluído de freio pelo fato do mesmo ser de densidade baixa (DOT3 ou 4). Para solucionar o problema no freio traseiro, troque o fluído por um que seja DOT 5 o u 6. Aí no Perú você vai encontrar, porque eles usam em suas máquinas, justamente por causa desse fenômeno. Faça isso porque você vai precisar, principalmente quando estiver passando por uma das estradas que é considerada por um programa de televisão como uma das estradas mortais. É muito lindo, mas dá um nervoso. Essa estrada é a partir de CUSCO com destino a LIMA.

This comment was minimized by the moderator on the site

Oi Edmilson, boa notícia: troquei o fluido por dot5 e o freio ficou ótimo. Mas a pergunta que não quer calar: por que a Harley ou outras fabricas já não colocam o dot 5? A estrada é na verdade um desafio mas foi vencido com exito! Abs Fernando e Ruy

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá Edmilson! Já tinha te respondido mas a bateria do celular falhou na hora do envio perdi tudo... Mas gostaria que todos que entendem mais do assunto comentassem suas observações e fizéssemos um forum. Mas adianto que essa falha já havia ocorrido antes em altitude baixa. Abs!

This comment was minimized by the moderator on the site

Fala Rui. Show de bola..... André Vita

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito legal os comentários e fotos! Parabéns a ambos e.....que inveja!!!

This comment was minimized by the moderator on the site

Estamos aqui acompanhando "moçada" e digo, que nos meus 62 anos, Harleiro iniciante kkkk, estou me deliciando com a aventura de voces.

This comment was minimized by the moderator on the site

Felicitações pela bela viagem. Deus os proteja.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia