107° dia - 11/08/13 - domingo - David/ Cidade do Panamá (Panamá)

Saí cedo, com calma, curtindo cada quilômtro da estrada (o Ruy teve que ficar para amanhã levar sua moto numa pickup para o Panamá). Tinha que gastar a gasolina reserva do galão mais a do tanque por conta do embarque da moto no avião cargueiro quando chegarmos ao Panamá. Acho que calculei mal pois ainda foi preciso abastecer 5 dólares (1 litro equivale aprox. 1.2 USD).

Numa cidadezinha no caminho, chamada Penonomé, fiz uma parada para um sanduíche no McDonald local, sempre com banheiros limpos com sabão (importante) e toalhas de papel além de WiFi para clientes. Muito bom!

A fiscalização na estrada é intensa e fui parado 3 vezes. Uma das vezes o oficial tinha aquela expressão de mordida já conhecida... Aprendemos a reconhecer essas expressões... É muito interessante. Mas é só alguma esgrima, jogo de cintura e falar logo em Brasil, futebol (Pelé e Neymar, nessa ordem, e copa do mundo em 2014) que tudo sai bem e "aquela" expressão acaba...

Cheguei no Panamá sob chuva e a procura de hotéis foi cansativa. Uma indicação do recepcionista Luiz de um hotel próximo, me levou a um bairro (Caledônia) cheio de hotéis. Vários a cada quarteirão.

Quando estava retirando a bagagem parou o Roberto, italiano que está dando a volta ao mundo, divulgando uma ação de apoio às crianças órfãs, mas ficou em outro hotel. Descansado, saí para comprar um jantar e comer no quarto mesmo porque já antecipo, vai ser um dia de cão...

Redação PHD Fernando

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia