Viagem de moto até o Alaska

Hoje de manhã no Rio chovia pra cacete! Pensei: tô fundido (ou Fudidaço, como diz o PHD Yamada...). Mas almocei com minha mãe, dei um tempo e quando saí, adivinhem!... Não peguei um pingo de chuva.

Parei em Santos Dumont porque já estava anoitecendo (a idéia era chegar no Cupim aonde o pessoal vai me encontrar). A dona do hotel comentou que ontem estava tudo inundado e o rio transbordando. É... Acho que sou um sujeito de sorte... Rsrs!

Mas hoje foram mais 3 acidentes na estrada. Um foi quase comigo. Tinha um acidente na frente e estavam colocando os cones de aviso. Aí escutei um barulho de pneu freando no molhado atrás de mim e quando olhei era um maluco barbeiro que vinha derrubando todos os cones sem controle. Acelerei e me livrei numa de quase quase...

No caminho, parei no Salvaterra (entrada de Juiz de Fora - recomendo, a parada é excelente!) pra dar um abraço no meu amigo Alan que vai fazer Ushuaia ano que vem e pude passar umas dicas pra ele e para os amigos que vão também.