Viagem de moto até Ushuaia Argentina

O dia de hoje foi sensacional!! Todos os ingredientes de uma pilotagem de aventura. Saímos às 8h30, ao raiar do sol. Fazia -2ºC. Na estrada, a lendária Ruta 40, o termômetro marcou próximo a -10ºC. Estava bem frio. Luvas, segundas peles e luva de guidão não seguravam o baque do frio.

Tivemos que reduzir a velocidade para suportar o frio, que nos primeiros 160 km foi extremos, mas as estradas eram ótimas e o visual alucinante: Cordilheira dos Andes ao fundo, Lago Argentino de um lado e estepes patagônicas do outro.

Após o abastecimento em Três Lagos, iríamos enfrentar os temidos 70 km de rípio, famoso nos relatos que lemos destas aventuras. E ele chegou e nos assustou no começo devido ao tamanho das pedras, mas após alguns quilômetros, o trilho de carros era formado e o rípio era liso igual a um asfalto. Chegamos a rodar a 80 km/hora ali com segurança e tranquilidade.

As V-Rods sobreviveram muito bem ao rípio. Mas um outro desafio se colocou à frente: enfrentamos um trecho de 240 km sem posto e com forte vento contrário. Vento pesado. Um pouco angustiante a sensação de rodar de olho na autonomia e no quanto falta para chegar ao destino. A maior parte do trajeto, rodei com saldo negativo. Hehehe

Hoje a moto do Bollentini foi a campeã em economia, seguida pela do Ítalo e a minha por último.

Chegamos com um belo e frio final de tarde na cidade mineradora de ouro de Perito Moreno. Local bem pequeno. Amanhã rodaremos para Bariloche.

Distância: 680 km

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia