Viagem de moto até Ushuaia Argentina

Combinamos sair bem cedo neste último dia de viagem, pois seriam mais de 1000 km para percorrer e Ítalo ainda teria que se adaptar ao pneu de carro colocado na roda traseira de sua moto.

Saímos às 6h em ponto do Salvatti hotel. No começo por estrada dupla e com muita cerração. Após isso, abriu o tempo e o calor chegou a passar dos 35 graus. O termômetro da moto chegou próximo aos 40ºC. Temperatura alta para o padrão da viagem até então.

Estradas excelentes no Paraná. Muitos e caros pedágios. Gastamos nesse dia o que não se gastou em toda a viagem!!

Ao chegarmos exatamente à metade da viagem deste último dia, a 500 km do destino final, na cidade de Londrina, a moto do Bollentini estragou. A correia dentada cortou o tanque de combustível, fazendo vazar toda a gasolina. Ele percebeu devido a moto começar a engasgar. Infelizmente, este é aquele tipo de problema “game over” !! Inclusive, coincidentemente, um colega v-roder nosso, o Feu, teve este mesmo problema faz menos de 1 semana também em viagem pelo Paraná.

Como toda notícia ruim tem seu lado bom, por sorte estávamos dentro de Londrina e ao lado de um posto Ipiranga. Se fosse no meio da estrada, no sol de 40 graus, seria sofrimento sem dúvida.

Paramos no posto, Bollentini acionou o seguro da moto e a despachou para minha casa em São Paulo. Ele ficaria em Londrina e pegaria no dia seguinte um vôo para o Rio de Janeiro.

Sabíamos que era o último dia, mas este problema com a moto do Bollentini e, não contar com ele no retorno até São Paulo, gerou aquela tristeza de fim de viagem e mais ainda por estarmos sem um companheiro. Mas faz parte.

Foi uma viagem incrível. Aquela do tipo épica e que será lembrado por nós muitas vezes enquanto formos vivos!

Uma vez tudo acertado, deixamos o Bollentini lá e seguimos viagem eu e Italo. O calor ainda judiava, mas logo chegamos à rodovia Castelo Branco e aí ficou fácil.

Foram mais dois abastecimentos. No ultimo, já a 150 km de São Paulo, nos despedimos, trocamos mensagem com o Bollentini pra saber como estavam as coisas lá e tocamos pra casa. No final da Castelo, Italo tomou a proa da Marginal Tietê e eu da Pinheiros. Chegamos em casa às 19h30.

A moto do Bollentini chegou por volta de 1h da manhã. Ou seja, a guerreira V-Rod ruiva terminou seu percurso exatamente onde começou, 13.800 km depois!

Como sempre diz o Italo, “vai dar certo”. A viagem acabou com todos bem, apesar das normais situações de dificuldade em expedições deste porte. Voltamos com mais experiência e bagagem de vida sem dúvida alguma.

Foi tudo um imenso privilégio que vivemos.

Comentários (10)

This comment was minimized by the moderator on the site

Opa
meu projeto é até 2020, e então aos poucos estou montando a somatória ( Grana + Tempos + conhecimento ).
E meus parabéns à todos.......

This comment was minimized by the moderator on the site

Legal Alvaro. Qdo a viagem eh planejada e suada (grana & tempo), ela já começa a ser curtida no planejamento. Pra quem gosta, vale muito a pena.

This comment was minimized by the moderator on the site

João Carlos,
Conforme comentado no final de minha matéria sobre a viagem que fizemos ao Perú, Chile e Argentina em 2015, (veja em http://www.viagemdemoto.com/patos-selvagens), também estamos planejando uma viagem a Ushuaia, para o final de 2018. Parabéns pela viagem e pela ousadia em ir no inverno. O trecho que estamos planejando é muito parecido com o que você fez. Alguns comentários e fotos contribuíram com o nosso planejamento. Obrigado por compartilhar.
César Frank Caixeta – Patos Selvagens Motoclube.

This comment was minimized by the moderator on the site

Legal Joao. Como ja tem experiencia em viagens, esta nao sera dificil para voces. E so curtir! Caso precise de alguma dica, fique a vontade em perguntar.

This comment was minimized by the moderator on the site

É meu sonho de consumo , a viagem , a moto nois tem mais moni que é gud nois num Rev ainda.

This comment was minimized by the moderator on the site

....Vai no credito mesmo!! Vale a pena pagar as parcelas depois. kkkkk

This comment was minimized by the moderator on the site

PARABENS!!! Show de viagem!!!!

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Weder. De fato inesquecível para nos.

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro João, ficamos felizes por animá-lo a retomar seu projeto. A viagem foi sensacional e prazerosa. Lógico que nos preparamos bem para o frio e tivemos bom senso para não enfrentar riscos desnecessários.
Agradeço pelo comentário e bom planejamento!

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito legal essa postagem, vocês foram corajosos em visitar o Ushuaia no inverno. Eu e um amigo estávamos receosos de ir em abril de 2018, depois da experiencia de vocês retomamos o projeto.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia