O mapa acima mostra o roteiro planejado para ser realizado em 13 dias de viagem de moto, durante os quais pretendemos percorrer as estradas do Brasil, Peru, Chile e Argentina para conhecer algumas das mais espetaculares paisagens da Cordilheira dos Andes e principalmente a cidade inca de Machu Picchu e o Deserto do Atacama.

Acordamos às 6h30, tomamos café e saímos em direção a Puno, distante 390 km de Cusco. Passamos por Juliarca (capital do vento), uma cidade com jeito de Velho Oeste, com muita obra de infraestrutura acontecendo e com cara de ser meio perigosa.

Tomamos café da manhã e saímos às 7 horas com chuva e frio para continuar nossa viagem de moto pela Cordilheira dos Andes. Tínhamos 771 km pela frente e o radar mostrava uns 250 km de chuva. Até a fronteira com o Chile foram 491 km.

Nosso objetivo era ir até Foz do Iguaçu já no Brasil, percorrendo um trecho de 622 km. Próximo a Puerto Iguazu, chovia muito, a moto do Viktor furou o pneu traseiro nos atrasando por uma hora. Mesmo assim chegamos à fronteira às 15 horas e resolvemos continuar viagem e ir até Cascavel (PR).

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela América do Sul

Viagem de moto pela América do Sul

Quatro brasileiros fizeram em janeiro passado uma viagem de 9.465 km pelas estradas de cinco...

Giro Latino de Ténéré 250 e Lander 250

No mês de março passado os motociclistas Carlos Boni e Noellen realizaram uma viagem de moto por...

Viagem dos Urubus a Machu Picchu e Atacama

Durante muito tempo, ouvimos histórias de motociclistas que se aventuravam pela Amazônia Peruana,...