O mapa acima mostra o roteiro planejado para ser realizado em 13 dias de viagem de moto, durante os quais pretendemos percorrer as estradas do Brasil, Peru, Chile e Argentina para conhecer algumas das mais espetaculares paisagens da Cordilheira dos Andes e principalmente a cidade inca de Machu Picchu e o Deserto do Atacama.

Acordamos às 6h30, tomamos café e saímos em direção a Puno, distante 390 km de Cusco. Passamos por Juliarca (capital do vento), uma cidade com jeito de Velho Oeste, com muita obra de infraestrutura acontecendo e com cara de ser meio perigosa.

Tomamos café da manhã e saímos às 7 horas com chuva e frio para continuar nossa viagem de moto pela Cordilheira dos Andes. Tínhamos 771 km pela frente e o radar mostrava uns 250 km de chuva. Até a fronteira com o Chile foram 491 km.

Nosso objetivo era ir até Foz do Iguaçu já no Brasil, percorrendo um trecho de 622 km. Próximo a Puerto Iguazu, chovia muito, a moto do Viktor furou o pneu traseiro nos atrasando por uma hora. Mesmo assim chegamos à fronteira às 15 horas e resolvemos continuar viagem e ir até Cascavel (PR).

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia

Mais viagens pela América do Sul

Viagem de moto pela Cordilheira dos Andes

Entre os dias 3 e 29 de abril passado o casal goiano André Dias e Nilza fez uma viagem de moto...

AMESUL - Peru, Chile, Argentina e Brasil

O que começou em uma conversa durante um motopasseio de final de semana, acabou tornando-se...

Odisséia Pessoal - Uma viagem pela América Latina

O português radicado no Brasil José Carlos Manuel está realizando um sonho: percorrer todos os...