Viagem de moto pelo Brasil

Acordamos às 7 da manhã e arrumamos as coisas. Moacyr saiu na frente e começamos a ver que havia algo errado com ele pois estava a dar voltas e mais voltas na quadra do Hotel. Vendo que ele e o seu GPS não estavam conseguindo se entender, intervimos e falamos para ele que a rodovia estava ao lado do hotel... não precisava de GPS para atravessar a pista... e morremos de rir.

Seguimos em frente com sol e chuva ao mesmo tempo. Paramos em Marialva/PR, minha cidade natal, onde visitei alguns amigos e sobrinhos que moram lá.

Continuamos, Moacyr novamente na frente. A cidade tem uma avenida principal e o grupo todo junto e, de repente, Moacyr vira à direita. Pensei no que ele estava fazendo pois para onde ele ia não sairíamos da cidade. E como conheço cada centímetro de onde estávamos, ultrapassei o Moacyr e fiz sinal para o restante do grupo, que me acompanhou até sairmos da cidade. Novamente rimos do GPS do Moacyr que não conseguia chegar num acordo com ele.

Paramos mais à frente depois de Ourinhos e almoçamos numa churrascaria. Fui o ultimo a sair da mesa de tanto que comi.

Para evitar São Paulo, passamos por Itu e Lorena. A estrada não estava 100 % mas dava para desenvolver uma boa velocidade. Quando acabava de Passar por uma ponte percebi num relance algo passando por mim. Era a bolsa de tanque que estava na minha moto havia voado entre meus braços e esparramado tudo na pista. Tinha filmadora, maquina fotográfica, moedas, memórias e outros pequenos objetos. Parei a moto e voltei correndo para onde estavam as coisas. Um carro parou também e o cara me ajudou a catar as moedas ( que eram muitas ) e equipamentos que por estarem dentro de uma espuma que preparei, não sofreram nada. Ufa.. um grande susto.

Segui em frente até Atibaia (SP), nosso destino do dia. Chegando no Hotel, Kadinho falou que sua moto estava com pouca força e que não estava conseguindo andar direito. Jantamos e fomos ver o que tinha para ser feito na moto. Moacyr e Barbieri, os mecânicos do grupo, desmontaram quase tudo que podiam da moto, tentando descobrir o que estava acontecendo e isso foi até meia noite. Ficou decidido que na manhã seguinte Kadinho e Barbieri iriam sair às 6 da manha para procurar na cidade mais próxima com recursos, que seria Resende ou São Jose dos Campos, a solução para o assunto, e nós sairíamos em torno de 1 hora e 30 após.

Comentários (2)

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns a todos vocês que realizaram esta linda viagem.Estou planejando uma viagem desta ao Peru, estarei saindo de Goiânia-GO via Rio Branco-AC, com ida e volta pela mesma rota.Depois numa segunda viagem eu e um amigo iremos por Foz do Iguaçu.Lindas as fotos perfeito os relatos.Parabéns sejam felizes, abraços FIGUEIREDO

This comment was minimized by the moderator on the site

Onde está escrito "passamos por Itu e Lorena" deve ser "por Itu e Louveira", pois Lorena já estaria adiante, na Via Dutra. Dionisio Vinhedo - SP

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia