Viagem de moto até o Chile – Deserto do Atacama

Acabamos não vendo muita coisa em Salta. Demos uma volta pela cidade, depois sentamos em um restaurante e ficamos por lá o dia todo jogando conversa fora.

Depois de passarmos um dia em Salta, caímos na estrada novamente. A ideia inicial era fazer o trecho de Salta a Foz do Iguaçu em um único dia, já que esse trecho não oferece nenhum grande atrativo visual ou turístico e a estrada no Chaco é uma reta sem fim. Seriam cerca de 1.400 km na Ruta 16 e Ruta 12.

Conversamos sobre como faríamos esse trecho durante vários momentos da viagem, mas devido às circunstâncias, chegamos à conclusão que o melhor era dividir o trajeto em dois dias. Não seria impossível fazer tudo de uma vez só, mas teríamos que sair muito cedo e andar o dia todo numa tocada boa. De toda forma fizemos os quase 870 km iniciais numa média muito boa. Levamos nove horas nesse trecho, já contando com as paradas.

Corrientes surpreendeu a todos. Esperávamos uma cidade feia e bagunçada, mas nos pareceu o contrário. Já na chegada subimos uma ponte e conseguimos ter uma visão de toda a cidade. Não tínhamos reservado nenhum hotel, mas tivemos sorte com a indicação do Hotel Identidad. Foi o melhor custo benefício de longe, dentre todos os lugares em que ficamos. Para quem passar por lá, fica a sugestão!

Seguem algumas fotos do centro de Salta:

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia