Viagem de moto pelo Chile - Deserto do Atacama

Pessoal, já estamos viajando no deserto do Atacama há dois dias. Estamos nesse momento numa cidade chamada Calama, ela é muito conhecida por dar suporte aos Astrônomos que trabalham nos super telescópios instalados nessa região.

Reservei o Hotel pelo site Booking, ele é legal, bem diferente do convencional. O Apart Hotel chama-se Domos e simula uma redoma de telescópio, inclusive com o telhado sendo de vidro, para que o hóspede tenha o privilégio de ver uma noite super estrelada. Na parte superior, onde se sobe por uma escada, tem a redoma principal, inclusive com uma cama para o cidadão apreciar o céu deitado.

Não foi o nosso caso: O Pedin nos sacaneou mais uma vez, colocando em pleno Atacama um céu super nublado, cheio de nuvens escuras, parecia que ia chover muito, inclusive apostei com a Elielza que teríamos o privilégio de pegar chuva no deserto mais seco do mundo. Resultado, choveu, como mostra as fotos que vou enviar neste diário.

É meus amigos, não tivemos sorte de pegar o céu mais estrelado da terra, mas tivemos o privilégio de pegar chuva no deserto mais seco do mundo. E viva a aventura!!! não tem nada que pague isso.

Até amanhã, que por sinal está reservado como meu primeiro banho numa praia do Pacífico.

Saída de Copiapó para Calama - 08h20min - 860 km - Duração do trecho 10h30min

Combustível: R$ 160,00
Alimentação: R$ 95,00
Hospedagem: R$ 195,00
Manutenção: R$ 0,00
Diversos: R$22,00 (pedágio, água)
Total: R$ 472,00