Viagem de moto pela Europa

Essa cidade litorânea da França era um simples vilarejo portuário até ser descoberta pela realeza europeia em 1850. Desde então as praias do local estão entre as mais badaladas da Europa, sendo um ótimo local para aproveitar as férias, principalmente durante o verão.

Após explorar o centro de Baiona, partimos para passeio a Biarritz, onde visitamos as principais atrações, como o farol da cidade. Ele fica em Pointe Saint-Martin, marcando a fronteira entre a costa rochosa de Biarritz e as areias da cidade de Landes. O farol foi construído em 1834 e desde então orienta os marinheiros que passam pela costa. É possível subir os quase 300 degraus que levam até o topo e explorar o interior do farol.

Conhecida por ser a capital europeia do surfe, sua principal atração com certeza são as praias, onde se formam ondas altas e fortes e lá, inclusive, acontecem grandes campeonatos nacionais e internacionais de surfe. Destaque para La Grande Plage, a maior da cidade, Marbella, Miramar e Costa dos Bascos. Nesse dia o mar batia muito e muitos surfistas pegavam onda.

Em 24 de agosto, praticamente duas semanas antes de nossa chegada, realizou-se em Biarritz, a 45ª cúpula anual do G7, entre os líderes do país anfitrião e também de Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Itália, Japão e Reino Unido. Além das sete nações com assento fixo, oito convidados participaram da reunião. A União Europeia (UE) esteve presente como observadora.

À noite a Paula tinha organizado um jantar na “Casa Lusitana”, restaurante de conterrânea sua, casada com um francês que também é motociclista e fomos maravilhosamente atendidos, saboreando o bacalhau e os vinhos da “Terrinha”.