Viagem de moto pela Argentina, Chile e Bolívia

O trecho do dia considerava percorrer 620 quilômetros até La Serena, o maior da viagem. Paisagens em porções litorâneas e desérticas já precisavam ser substituídas por mais civilização e dias extras de conforto e descanso.

O cansaço acumulado e os piscos sauer da noite anterior ocasionaram dormir até um pouco mais tarde. Reavaliados o cronograma e as novas metas do dia, a opção de conveniência foi pernoitar na cidade de Vallenar, sem atrativos significativos, a 430 quilômetros de Taltal, tendo ainda que cruzar a cidade industrial de Copiapó.

No trecho do deserto, muitas empresas de mineração e paisagens que evidenciam erosão do solo decorrente de dezenas de anos de exploração mineral. O norte do Chile é a zona mais rica do país

Em alguns lugares, há campos imensos cheios de pedras, espalhadas como se tivessem sido expelidas por um vulcão. Numa primeira visão, parecia um campo com plantação de cultivo desconhecido. Montanhas inteiras estavam cortadas ou, simplesmente, deixaram de existir como tal.

Um povoado, Villa Union, que no século passado sobrevivia graças à exploração do salitre, transformou-se em ruinas, com construções de paredes de adobe expostas ao longo da R5. Não apenas em decorrência do fim do ciclo do salitre, nos anos 30, mas em função de uma doença que matou centenas de pessoas, a cidade deixou de existir.

Na R5 também há um local identificado como “Zoológico de Piedra”, que impõe imaginação aos visitantes para visualizar algum animal. O único ser vivo avistado no local foi um solitário cachorro vira-latas, que se assustou com a presença humana.

A porção litorânea desse trecho é composta exclusivamente por praias onde a areia é substituída por pedras pontudas e afiadas. Não deve ser muito confortável estirar-se no piso para tomar sol.

Hotel e jantar sem muito glamour, mas aquecido, limpo, com internet e garagem coberta. Era o suficiente para esse dia.

A escolha para pernoitar em Vallenar foi de conveniência, para ajustar o cronograma da viagem. A ideia era não permanecer em Copiapó, mas sabendo que não chegaria a La Serena.

Vallenar está localizada num vale formado pelo rio Huasco, que é o maior atrativo turístico da cidade e, nos meses mais quentes do ano, transforma-se em balneário popular. No século XIX, foram descobertas na região reservas de minérios de prata, ouro e ferro. São avistados trilhos de trem que ladeiam o rio em vários pontos. Em 1922 e 2013, Vallenar foi afetada por terremoto, com destruição de construções na cidade.

Em frente ao hotel, no espaço reservado para a parada de hospedes, com a motocicleta ainda carregada e enquanto conversava com o recepcionista, um funcionário local que controlava estacionamento em ruas, já havia emitido o bilhete para o pagamento, que não podia ser mais cancelado. A situação teve que ser solucionada por ele mesmo, pois a quantidade de caracteres da placa brasileira não lhe permitia inserir no sistema chileno que ele transportava.

Jantar simples.

Buenas noches.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia