Viagem de moto Argentina e Chile

Levantamos cedo pois o dia seria longo. Começamos a rodar por volta das 8 horas, passamos com muito frio pelas cidades de Rio Cuarto e Venado Tuerto. Paramos para um almoço perto de Rosario e tocamos na Argentina por Victória até a fronteiriça Gualeguaychu.

Chegando na aduana, primeiro ouvimos umas piadas referente ao futebol e Copa América, tudo numa boa, e eu até que gostei pois dei corda e eles esqueceram de me pedir o seguro carta verde que não fiz. Tudo pronto, abastecemos as motos no primeiro Ancap de Fray Bentos e tocamos pela ruta 2 já de noite passando por Mercedes, Cardona até chegar à casa de nossos companheiros de viagem em Trinidad, departamento de Flores, por volta das 21 horas.

alt
Chegada em Trinidad - Uruguai

Durante todo este trajeto no Uruguai viamos muitos raios clarear a noite à nossa frente, fato preocupante pois ainda faltavam 160 km para estacionar as motos e todos já vinham cansados dos mais de 800 km rodados naquele dia. Para nossa sorte a chuva desabou 10 minutos após a chegada na casa do Ruben. Para não perder o costume e como se fosse uma despedida das terras hermanas e do bom churrasco, fomos agraciados com um bom assado de tiras preparado pela Rosário, esposa do Fito.

alt
Casa do Fito e Rosario, Trinidad, Uruguai

Percorridos 905 km

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia