Viagem de moto pelo Sul do Brasil

Com a chegada das férias, surgiu também uma proposta de “arrebanhar” a família para uma data especial, o aniversário do patriarca da família, que faria 80 anos em agosto e aproveitar para comemorar também o dia dos pais.

Mas vamos ao que interessa: eu, Fernando (Tchê) e a fiel garupa Sângela, participantes do grupo de amigos denominados Rondônia Brothers Moto Turismo, saímos para uma viagem de moto de Porto Velho (RO), no dia 24 de julho em direção a Vilhena (RO). Foram 700 km no primeiro dia de viagem, Um percurso tranquilo, sem alterações, que por sinal surpreendeu com a manutenção da famosa BR-364, que já deveria ter sido duplicada há muito tempo, pois a quantidade de caminhões e acidentes assustam.

Viagem de moto sul do Brasil

No dia seguinte saímos de Vilhena com destino a Sapezal (MT), distante 245 km. A intenção era somente conhecer as cachoeiras, mas decidimos pernoitar pois o local merece uma visita para apreciar as maravilhas da natureza.

Viagem de moto sul do Brasil

No dia 26 saímos de Sapezal e passamos para conhecer mais uma maravilha que é a Cachoeira Salto das Nuvens, que fica a 235 km de Sapezal no município de Tangará da Serra (MT). Nesta parada alguns passeios começaram e ser deixados de lado, pois a tal da “frente fria” deixou a temperatura no Mato Grosso em 14 graus, ou seja, tomar banho de cachoeira com essa temperatura não é muito legal, né? Então seguimos pela estrada e paramos em Jaciara (MT). Rodamos um total de 688 km neste dia.

Viagem de moto sul do Brasil

No dia seguinte saímos de Jaciara com planos de chegar a Caldas Novas (GO), mas o tempo insistia em não querer que a gente tomasse banho (rsrs), então como um importante objetivo da viagem era visitar nossa filha em Catanduva (SP), seguimos naquela direção.

No meio do caminho sempre há paradas e novas amizades e numa dessas me passaram a informação que o melhor caminho era seguir por Alto Taquiri (MT). Não pensei duas vezes e seguimos para o primeiro off road pesado e com garupa. Foram 80 km de estrada de chão sendo pavimentada devido à MT-100 estar em recuperação, o que nos fez parar em Chapadão do Sul (MS), depois de rodar 486 km.

Viagem de moto sul do Brasil

Durante uma parada em Parnaíba (MS) conhecemos Mário e Cristiane, um casal muito atencioso. Trocamos umas ideias e seguimos. Espero eles em Porto Velho, assim que puderem.

Após o descanso merecido, no dia 28 de julho iniciamos a viagem com o objetivo de chegar a Catanduva, distante 518 km de onde estávamos. Foi tranquilo, devido principalmente às estradas, duplicadas e com pouco trânsito.

Ficamos em Catanduva até o dia 05 de agosto. Mas ainda tínhamos que cumprir o principal compromisso da viagem em Curitiba (PR), no dia 07 de agosto.

Viagem de moto sul do Brasil

Saímos de Catanduva em direção a Capão Bonito (SP), distante 440 km, para conhecer e apreciar o trajeto da estrada do Rastro da Serpente. Não saímos cedo pois ficaríamos em Capão Bonito para percorrer a estrada no dia seguinte.

Outro detalhe é que a temperatura continuou caindo. Chegamos à cidade com 12 graus. Mas antes de ir para o hotel primeiro fomos conhecer o Porthal Rastro da Serpente.

Viagem de moto sul do Brasil

Saímos no dia seguinte, como de costume, sem pressa, pois teríamos pela frente somente 286 km até Curitiba e muitos locais para conhecer durante o percurso.

Fizemos uma parada básica em Apiaí (SP) para conhecer um pouco da cultura local que é muito interessante. Vale a pena uma caminhada pelas ruas da cidade.

Viagem de moto sul do Brasil

Como o percurso era curto, logo no início da tarde estávamos chegando a Curitiba para o grande objetivo da viagem, nos juntar à família.

Viagem de moto sul do Brasil

Depois de nove dias de festas e passeios em Curitiba, chegou o dia de retornar. Tínhamos a intenção de passar por Foz do Iguaçu (PR) e dar uma passeada no Paraguai, mas o tempo ainda não favorecia, pois a temperatura em Curitiba estava em torno dos 6 graus. Então fomos direto para Umuarama (PR), percorrendo 555 km neste dia.

Em Umuarama ficamos sabendo do problema com o fechamento da ponte da amizade, ou seja, tudo conspirou a favor de abortar Foz e o Paraguai!

No dia 15 de agosto iniciamos a viagem com objetivo de chegar a Coxim (MT).

Em Nova Tebas (PR), encontramos dois casais de Harley-Davidson que estavam indo para Cáceres (MT). Eles fazem parte do Esquadrão Águias da Paz MG de Londrina (PR). Depois de trocar algumas palavras, seguimos viagem. Mais tarde, quando estávamos em um restaurante, os casais chegaram e pudemos trocar mais algumas ideias. Muito legal a harmonia destes encontros.

Viagem de moto sul do Brasil

Saímos de Coxim tendo como destino do dia a cidade de Cáceres, distante 673 km. Com estradas boas, a viagem foi tranquila, apesar de encontrarmos muitos animais atropelados na beira da estrada e muitas áreas sendo queimadas.

Saímos de Cáceres no dia 17, com a intenção de conhecer um local chamado Vila Bela de Santíssima Trindade, no Mato Grosso, mas ao parar para abastecer perto da cidade, encontramos uma equipe do Corpo de Bombeiro do Mato Grosso que nos informou que havia uma grande “queimada” na região e que o acesso para a maioria das cachoeiras estava interditado. Com essa informação, seguimos para Vilhena (RO).

Foi muito gratificante conhecer naquela cidade um local com comidas diferenciadas, como chips de peixe e quibe de peixe. Quem chegar a Vilhena deve procurar o Tamba Delivery, recomendo. Foram 539 km neste dia.

Viagem de moto sul do Brasil

O dia 18 de agosto seria um dia especial. Nesta data minha fiel garupa há mais de 30 anos faz aniversário e eu sempre escolho um local para que ela possa se sentir bem, descansar e relaxar. Além disso já tínhamos rodado mais de 6 mil km de estradas durante esta viagem de moto, então escolhi a cidade de Ouro Preto do Oeste, em Rondônia. Para quem estiver passando por essa região, recomento o Hotel Graúna Resort. Tínhamos percorrido 374 km desde Vilhena.

Viagem de moto sul do Brasil

O dia 21 foi o último da viagem. Saímos de Ouro Preto do Oeste, e o destino era o nosso lar doce lar, mas confesso que no momento que paramos a motoca para abastecer, nossos olhares se cruzaram perguntando um ao outro: vamos pra casa mesmo?

Viagem de moto sul do Brasil

Um pequeno resumo:

  • A moto da viagem foi um BMW GS 1200 LC.
  • Foram 28 dias entre estrada e passeios e 6.600 Km.
  • Valor aproximado gasto com combustível: R$ 2.000,00
  • Valor aproximado gasto com hotel e alimentação: R$ 4.500,00

Comentários (3)

This comment was minimized by the moderator on the site

Meu caro Tchê, sou de Porto Velho e muito me alegra ver um casal de nossa cidade relatar sua aventura palas estradas brasileira, de moto. Seu entusiasmo no texto é contagiante, já começo a planejar minha viagem por conta de sua narrativa. Parabéns e espero que nossos caminhos se cruzem por essas terras de Rondon.

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá nobre Cláudio Negreiros.

Precisamos nos encontrar e trocar umas ideias, falando em ideias, estou projetando um passeio ao Peru, passando por Cusco, Canon de Uccho, Canon Del Pato, Paracas, Huacachina, caso tenha interesse, estamos começando a escrever.

Abraços

This comment was minimized by the moderator on the site

A ideia é tentadora, mas a agenda não permite por agora. Não impede que pensemos em viagens mais curtas e rápidas. Pode me contactar pelo canal no You tube, Pvh on the road ou pelo insta @pvh_on_the_road.
Abraço.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia