Depois de ter feito, no final de 2013, uma viagem até Curitiba, quando conheci as 1250 curvas da estrada do Rastro da Serpente e a famosa estrada da Graciosa, decidi que na próxima oportunidade faria outra viagem para conhecer a Serra do Rio do Rastro (SC-438) e a Serra do Corvo Branco (SC-439) as duas localizadas próximas à cidade de Urubici em Santa Catarina. Esse é o relato dessa viagem, que fiz com os amigos Glauco e Milton.

Aos 65 anos, o motociclista goiano Mauro Gomes gosta de viajar de moto com amigos veteranos como ele. O grupo do qual faz parte em Goiânia havia planejado aproveitar o feriado da Semana Santa para conhecer o Vale Europeu e as Serras de Santa Catarina, mas por motivos diversos os companheiros não puderam ir. Entretanto Mauro resolveu seguir para a estrada no dia combinado e fez uma viagem solo pelo Sul do Brasil. No roteiro, o Vale Europeu de Santa Catarina e o Parque Estadual de Vila Velha no Paraná.

Como minha atividade é ininterrupta - Posto de Gasolina, considero uma cadeia aberta, você pode sair mas não deve -, neste feriado de Proclamação da Republica fiquei trabalhando.

Na tarde de sexta feira, após encerrar as atividades, pensei: porque não um passeio curto de Motocicleta para fechar o dia e aproveitar o clima raro em Curitiba,

O comentário feito pelo amigo motociclista Gilberto Farias no roteiro da Serra Dona Francisca me deixou curioso, então aproveitei o final de semana do dia 10 a 12 de janeiro de 2014 para verificar no local, fazendo o seguinte roteiro:

Saindo de Curitiba, seguindo para Agudos do Sul (PR), São Bento do Sul (SC),

Data marcada, eu e meu amigo Fábio Mangolini tiramos uma semana de outubro para visitar a Serra do Rio do Rastro. Fica em Santa Catarina e liga a cidade de Lauro Muller a Bom Jardim da Serra.

A estrada de serra é conhecida por estar entre as 20 mais bonitas do mundo. Para o motociclista brasileiro, uma estrada fundamental no turismo em duas rodas.

No final de Semana de 7 e 8 de Dezembro, resolvi experimentar a Street Glide na estrada.

A escolha foi o trajeto de Curitiba, Lages (pernoite), conhecer melhor a região de Urupema e Urubici, com retorno via Florianópolis, Camboriú, Parada em Itapoá (pernoite) e volta a Curitiba.

Foram ao todo 1200km.

Sou Alexandre Guimarães, o Xandão.

Mais um pouco do meu sonho de conhecer o meu país de moto realizado. Na minha primeira viagem longa, em 2010, eu saí de Betim / MG e fui até os Lençóis Maranhenses. No ano seguinte eu conheci o Jalapão e a Chapada dos Veadeiros. Em 2012 eu fui até Manaus, percorrendo a Transamazônica (BR-230) e a Rodovia Fantasma (BR-319). Em 2013 chegou a hora de conhecer um pouco do sul do Brasil!

Assim que eu e meu amigo Virgílio Castro voltamos de uma longa viagem de moto pelo planalto central, em maio passado, comecei a planejar a próxima viagem mais longa, afinal só quem faz um longo passeio de motocicleta sabe que é impossível deixar de voltar para a estrada.

Como não tenho condições de fazer grandes roteiros devido à minha atividade profissional, a partir de Curitiba realizo trechos de até 700 km/dia nos raros finais de semana de folga. Nos dias 7, 8 e 9 de novembro, fui recordar as Serras Catarinenses que mais gosto, Rio do Rastro e Corvo Branco.

Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia