viagem de moto Patagônia Argentina

Ontem, eu (Ruy), saí de Mercedes com destino a Buenos Aires, onde o Ivan me esperava na loja da Harley-Davidson, visto que ele já tinha se hospedado por perto. Acabei chegando tarde porque durante o caminho fiz amizade com um argentino, Eduardo Castro, que também estava de moto e acabei almoçando com ele e com o filho dele, na cidade de Lujan. Mais uma vez ficou provada a simpatia do povo argentino.

Saí de Lujan, sem GPS e peguei a Rota 8 para Martines-Buenos Ayres, sabendo que não seria tão fácil encontrar a loja da HD, ao entrar na Ruta 8 vi um grupo de motos onde a maioria era HD, me inclui no grupo no penúltimo lugar da fila e seguimos por uns 40 km onde apareceu um pedágio e em seguida o grupo estacionou. Voltavam de um bate e volta, e logo um dos amigos, o Ernesto Eduardo, se prontificou a me guiar até a loja HD de Martinez. Me deixou na frente da loja, onde o Ivan já estava preocupado com minha demora. Ficamos por lá até às 19h, quando fechou a loja. À noite jantamos num restaurante próximo do hotel.

viagem de moto até Ushuaia Argentina
Eduardo Castro e seu filho Pablo

viagem de moto até Ushuaia Argentina
Eduardo Castro e seu filho Pablo

Hoje, domingo, por sugestão do recepcionista do hotel, pegamos um trem interurbano e fomos até a cidade de Tigre, que fica umas sete estações depois de San Isidro/Martinez, para quem sai de Buenos Ayres. Descemos do trem e fomos informados que exatamente naquele momento começava uma greve dos ferroviários. Como voltar? Esclarecimento. Ficamos sabendo que a Cidade Autônoma de Buenos Ayres, é a capital federal da Argentina e fica localizada na Província de Buenos Ayres. A capital da Província de Buenos Ayres é La Plata.

Muito bem, voltemos a Tigre. É uma cidade turística, com muitas opções, como: Passeio de barco, em circuito local ou até a Capital Federal, Passeios a pé em roteiro que leva a museus, restaurantes, e bares e em especial ao Mercado de los Frutos, que tem este nome porque já foi mercado de frutos no passado mas agora é um local turístico, com pequenas lojas de artesanatos, restaurantes, bares, e fica ao lado de um grande parque de diversões e também ao lado do Casino Trilenium.

Curtimos toda a região, inclusive demos uma olhada geral no funcionamento do Casino. Depois paramos em um bar e ficamos por lá comentando que no dia seguinte, segunda feira a moto do Ivan chegaria e seria desembarcada no hotel. No começo da noite, preocupados com a tal greve, voltamos para a estação ferroviária e a tal greve já tinha acabado!!! Pegamos o trem e voltamos para o hotel. Fim de um belo domingo.

29 - Vigésimo nono dia - Segunda Feira.
Tempo muito ruim, com chuva e muito vento. Ficamos de plantão no hotel, esperando a chegada da moto, o que ocorreu às 13h. Tiramos o restante do dia para descansar e à noite voltamos ao restaurante próximo ao hotel.

30 - Trigésimo dia - Terça feira.
Às 8 horas o Ivan já estava na porta da HD com a moto, que pegou de manhã porque o nosso amigo Roberto, de Trellew, despachou a moto com a bateria carregada. Testes indicaram que de fato era o alternador, que foi trocado, assim como o regulador de voltagem de novo, para evitar qualquer risco, conforme informou o Marcelo da oficina da HD/Martinez. Marcelo nos mostrou o alternador retirado, com a isolação de grande parte do enrolamento totalmente avariada.

Às 14h saímos de Martinez com destino a Ruta 14 que leva a Uruguaiana. Tocamos cerca de 500 km e dormimos em Chajari-Ar. No caminho tive problema com a alavanca de câmbio da minha Road King, o que foi resolvido em menos de meia hora em uma oficina de beira de estrada.

31 - Trigésimo primeiro dia. - Quarta feira.
Saímos cedo e seguimos para Paso de Los Libres/Uruguaiana, fronteira da Argentina com o Brasil e no final da tarde chegamos em Passo Fundo. Tudo correu bem pela estrada.

Estamos planejando passar amanhã por Blumenal.

SUPERAÇÃO

Ivan e Ruy

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

Hola IVAN mi hermano como no me llamaste para encontrarnos y almorzar ,cenar y pasar juntos estos dias podriamos comido un churrasco en mi casa con mi familia bueno no importa lo principal es que estan llegando a casa despues de haber vivido algo inigualable una experiencia inolvidable espero que mi querida ARGENTINA los alla tratado bien como ustedes se lo merecen ,estoy muy feliz de la travesia lo comparti con todos mis seres queridos estabamos pendientes de todos los comentarios de ustedes ,contento porque Luciano logro lo que tanto queria espero este en PAZ .Quiero ver todas las fotos asi que ahora mas que nunca tengo que viajar a Belo Horizonte para comer un churrasco y tomar cerveza bueno pronto estaremos juntos saludoa a RUI y que DIOS los proteja

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia