Viagem de moto pela Argentina

Ontem vivi momentos e visuais incríveis, mas faltou descrever um muito marcante, que vou relatar brevemente agora, embora não tenha fotos para ilustrar. Quando estava me dirigindo para a Gilda no final do dia, saindo do Glaciar Perito Moreno, começou a nevar levemente. Apressei o passo (andar de moto com neve sem sol é perigoso, pois pode haver formação de gelo na pista e fica um sabão).

Saí com a Gilda lentamente pois a estrada dentro do parque é bem sinuosa. Passei a observar os flocos de neve caindo na minha roupa e na Gilda e segundos depois se transformavam em água. Foram quase 30 km observando este fenômeno, que associado às paisagens magníficas deste parque, levaram minha mente e coração a imaginar e sentir uma sensação plena de paz, beleza, alegria e louvor pelas maravilhas e bênçãos que recebemos do Pai e da Mãe do Céu. Foram momentos inesquecíveis e mágicos. Ohh gloria!!!🙏

Falando do dia de hoje, embora tenha ido dormir após a 1h, acordei às 4h, fiz o relato de ontem e quando meus companheiros colombianos José e Raul acordaram, arrumamos as coisas, tomamos o café e saímos rumo a El Chaltén.

Viagem de moto Argentina

A estrada de El Calafate até El Chaltén é repleta de paisagens lindas, onde o contraste das águas verdes do vasto lago oriundo do(s) Glaciar(es) com o verde do campo, o azul das montanhas longínquas e o branco da neve nas partes mais altas é de tirar o fôlego. Paramos inúmeras vezes para apreciar a beleza e também fotografar. Aumentem as fotos para observar melhor os detalhes. Tudo muito belo...

Numa das paradas, a roda da frente da moto do José afundou no rípio do acostamento e, tombo! 👇Normal, já vi isto acontecer mais de uma vez.😂

Viagem de moto Argentina

Em um mirante (há vários ao longo dos quase 220 km que separam as duas cidades), uma raposa do deserto se aproximou e aproveitei para registrar...

Viagem de moto Argentin

Chegamos a El Chaltén, a cidade mais recente (1985) da Argentina, cheia de hotéis, hostels (todos muito caros), restaurantes e bares, e que no inverno (que deve ser de rachar😫) tem apenas 500 habitantes. É um dos principais destinos para montanhistas e amantes do trekking de todo o mundo, pelas suas magníficas montanhas, lagos e glaciares. As ruas estão repletas deles retornando ou indo para as caminhadas e se escuta várias línguas de diferentes países.

Viagem de moto Argentina

Demos um rolê pela pequena cidade e paramos em uma cafeteria para fazer um lanche.

Como a principal atração de cá, a famosa montanha Fitz Roy, estava coberta, o José e Raul decidiram partir rumo ao norte pela Ruta 40/interior (já foram até Ushuaia pela Ruta 3/litoral) de volta para casa/Colômbia. Eu fiquei aqui pois há boa previsão de conseguir ver o Fitz Roy amanhã cedo, e depois continuarei vagueando para o sul.

Mais uma vez e cada vez mais convicto, "meu destino é o caminho!!!"😃👇

Viagem de moto Argentina

Hasta luego!

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia