Viagem de moto pela Argentina

Estou em Puerto Natales/CHILE. O dia foi muito legal!!! Vejam porquê... Saí antes do hostel às 8h com uma temperatura de 4°C (de madrugada estava -2°C). Já havia sol e o céu limpo. Fui à praça tomar um café e comer media luna na padaria, quando vi e me extasiei com a belíssima visão do grandioso e imponente monte Fitz Roy.

Tinha pedido a Nossa Senhora de Fátima e Ela me abençoou 🙏 concedendo um dia limpo (muito raro nesta região) para poder contemplar 😳sua aparência inebriante. Embora não muito alto (3.375m), ele é considerado por muitos alpinistas profissionais como o maior de todos os desafios de seu esporte. Infelizmente muitas vidas de alpinistas profissionais já foram ceifadas escalando o Fitz Roy, inclusive de alguns alpinistas brasileiros (1 em janeiro de 2011 e 2 em janeiro de 2019...😞).

Vejam que incrível vista, o monte Fitz Roy coberto de neve, resplandecendo no firmamento de um céu azul celeste; maravilhoso ...

Viagem de moto Argentina

Aguardando (absolutamente sem pressa) na fila para abastecer a Gilda, admirando a beleza magnífica do Fitz Roy...

Viagem de moto Argentina

Me despedindo de El Chalten e do Fitz Roy (um biker fez esta foto para mim) ...

Viagem de moto Argentina

Rumei em direção à fronteira com o Chile e Puerto Natales (amanhã saberão o porquê fui para lá). Foram 570 km (rodei uns 100 km a mais, pois dei a volta pela Ruta 5, passando por La Esperanza, evitando um trecho de ripio da Ruta 40).

Próximo à fronteira, comecei a subir uma montanha e parei para abastecer na última cidade da Argentina nesta rota. Estava bem frio (3ºC). A frentista, ao me ver e observar que eu estava sentindo frio, sorriu e me perguntou se eu estava com frio; disse que agora estava bom e que eu precisava vir aqui no inverno, quando a temperatura chega a -15ºC.☃!!!

Subi mais um pouco e cheguei à Aduana Argentina. Os trâmites de saída foram rápidos. Ao sair em direção à Aduana chilena, que fica 3 km à frente, tinha neve para todo lado e então começou a nevar. Parei rapidamente e registrei.

Neste momento (me lembro perfeitamente dele agora e me emocionei novamente😪) pensei em minha filha Luana que adora neve e em toda minha família, um a um, com muito carinho e amor, em vocês todos, amigos e amigas que tanto estimo, olhei ao alto, observei com admiração os flocos de neve caindo em minha face, agradeci e louvei a Deus e a nossa tão amada Mamãe do Céu, minha inseparável Companheira e Protetora, a Virgem Imaculada, pelo dom da vida, pela minha saúde e por me conceder a graça de estar dando mais este rolê 🏍, e o mais importante de tudo, por ter vocês para quem voltar! Aleluia!!!

Atravessei a Aduana do Chile, trâmites burocráticos rápidos e revista da bagagem (tive que retirar a mochila para passar pelo raio-x) e falar o que levava nos alforjes. Parti e à medida que descia a montanha, a neve se transformou em chuva e parou logo após. Cheguei a Puerto Natales com tempo nublado, mas sem chuva. Parei em uma placa e confirmei aonde estava pelo que tinha escrito lá: "Ruta del Fin del Mundo". Irk!😃

Viagem de moto Argentina

Ao entrar na pequena cidade, parei em uma cafeteria instalada em um ônibus👇, conversei com os 2 casais jovens que atendiam me familiarizando com o Chile e obtive informações sobre onde ficar, câmbio/valor moeda etc, enquanto tomava um café e me aquecia.

Viagem de moto Argentina

Me instalei no hostel, sai, cambiei $, comprei algumas coisas no supermercado próximo, comi uma pizza tomando a cerveja local - Austral👇 - voltei ao hostel, deitei e apaguei, exausto!!!

Viagem de moto Argentina

E este foi mais um dia seguindo meu destino, o caminho!...😉

Hasta luego!

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia