Depois de um bom tempo de planejamento, finalmente a grande viagem de moto chegou e foi melhor do que o esperado. Foram 9.900 km para cruzar quatro estados brasileiros, Argentina, Chile e Uruguai durante 21 dias com minha valente Shadow 750. Muitas amizades se criaram e muita gente de todo o canto do mundo e do Brasil acabaram enriquecendo mais os dias e as experiências vividas.

O sonho de muitos motociclistas brasileiros, e também de todo o mundo, é ter a oportunidade de viajar e aproveitar ao máximo as belezas que compõem a Cordilheira dos Andes na América do Sul. Muitos buscam uma moto ideal para essa jornada, economizam uma quantia financeira alta e pensam que tal empreitada demanda muito tempo e dinheiro. Mas e se de repente tudo isso fosse percorrido em uma pequena e notável moto de 150cc e com pouco dinheiro? No decorrer do texto vocês constatarão que isso é possível. E acreditem... tudo feito com muito prazer.

Entre maio e junho passado o casal carioca Rodrigo Alves e Thalyta Soares, fez a sua segunda viagem de triciclo por países da América do Sul. Dessa vez eles percorreram as estradas do Brasil, Paraguai, Argentina e Chile com o objetivo principal de conhecer o Deserto do Atacama no Chile e o Salar de Uyuni na Bolívia.

Dois motociclistas de Brasília começaram, nesta quarta-feira (3), uma longa viagem de moto com previsão de percorrer 60 mil quilômetros pelas estradas da América do Sul em 365 dias. O itinerário inclui os 13 países do continente e deve passar pelas 27 capitais brasileiras, saindo do Distrito Federal. A dupla passou um ano planejando a aventura e pretende mostrar, nas redes sociais, a história de pessoas entrevistadas pelo caminho.

Os motociclistas maranhenses Omar Barroso Jr. e Geovan acabam de realizar uma incrível viagem de moto por seis países sul americanos, onde conheceram algumas das principais atrações da Cordilheira dos Andes, como Machu Picchu e o Lago Titicaca no Peru, Estrada da Morte e Salar de Uyuni na Bolívia e o Deserto do Atacama no Chile.

A viagem de moto para Machu Picchu e o Deserto do Atacama começou a ser planejada em dezembro de 2012. No início éramos quase dez interessados, mas ao longo do tempo e por diversos motivos, o pessoal foi abdicando e ficaram apenas eu e o amigo Rogério Rocha. Iniciamos a nossa aventura em duas rodas por terras sul americanas no dia 01/06/2014. Eu em minha Honda NC 700x e Rogério em sua BMW F800 GS.

O plano era fazer uma viagem de cerca de 14 mil km para conhecer o Salar de Uyuni na Bolívia, percorrer a Ruta 40 e a Carretera Austral e chegar a Ushuaia no extremo sul da Argentina em 36 dias de viagem com uma Honda Biz, uma Honda CG 150 e duas Yamaha Ténéré 250cc. Mas um acidente no meio do trajeto atrapalhou os planos do grupo.

Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia