Os motociclistas Rodrigo e Richa fizeram entre os dias 14 de novembro e 4 de dezembro uma viagem de São Paulo até o Chile, passando pelo Deserto do Atacama e o Paso Agua Negra, a passagem de fronteira entre a Argentina e o Chile com a maior altitude, a 4.780 metros acima do nível do mar.

No mês de setembro passado, três motociclistas de Guaratinguetá / SP - Flávio, Jacob e Regato - fizeram uma viagem de sua cidade até o Deserto do Atacama no Chile. Durante 22 dias eles pilotaram suas motos, duas Harley-Davidson Ultra e uma BMW R1200 ADV, pelas estradas do Brasil, Argentina e Chile para conhecer o deserto mais árido no mundo.

Uma viagem muito interessante feita pelos motociclistas catarinenses Conrado Seibel e Lígia Fascioni. Com Conrado pilotando uma BMW R1150GS Adventure e Ligia uma BMW F650GS, eles saíram de Florianópolis/SC e foram até a Ilha de Chiloé no Chile, passando por algumas paisagens deslumbrantes do sul da América do Sul "...como num comercial de TV, com cenários perfeitos e deslumbrantes".

A idéia de fazer uma grande viagem de moto povoa os sonhos de quase todo motociclista. Partindo desta idéia, quatro amigos, Rafael Barata, Márcio Vasconcelos, Maurílio (Lu) Vasconcelos e Duílio Soares foram os primeiros curvelanos ao partirem numa aventura de cerca de 7.700 km que durou quinze dias - de 7 a 21 de setembro de 2012 -, percorrendo estradas e conhecendo cidades dos estados de São Paulo e Paraná, no Brasil, além de outras do Paraguai, Argentina até chegar no Deserto do Atacama no Chile, de onde retornaram por outra rota para conhecer ainda mais lugares.

Os motociclistas Marcos Luis Evangelista e Marcelo realizaram uma viagem de moto que durou 16 dias, durante os quais eles percorreram 10.000 km de estradas do Brasil, Argentina e Chile até chegar a San Pedro do Atacama, onde ficaram três dias explorando o famoso Deserto do Atacama.

Dois motociclistas catarinenses, Pedro Martins e Marcus Greuel, realizaram entre outubro e novembro de 2011 uma viagem de 5.807 km de Blumenau, SC, até o Deserto do Atacama no norte do Chile. Na viagem, que durou 11 dias, eles utilizaram uma Harley-Davidson Road King e uma BMW 1200 GS.

Alcei a perna no pingo / E saí sem rumo certo
Olhei o pampa deserto / E o céu fincado no chão
Troquei as rédeas de mão / Mudei o pala de braço
E vi a lua no espaço / Clareando todo o rincão

Os versos do poeta João da Cunha Vargas (musicados por Vitor Ramil no disco Ramilonga) ecoaram dentro do meu capacete ao longo dos pouco mais de 5 mil quilômetros que rodamos – eu, Dedé, Landão e Tara – entre a capital de todos os gaúchos e Viña del Mar, comuna chilena localizada na província de Valparaíso.

Uma aventura de nove amigos nas Cordilheiras dos Andes rodando mais de 1.800 km com rípio, frio, clima de deserto e muita diversão.

O motociclista Luis Alberto Plein, de Lajeado, RS, fez entre os dias 27 de dezembro e 09 de janeiro passado uma viagem de moto de 7.686 km pelas estradas do Brasil, Uruguai, Argentina e Chile. Seu objetivo foi percorrer a Carretera Austral, famosa estrada que fica no sul do Chile e que impõe muitos desafios aos motociclistas que se aventuram por ela. A recompensa para as dificuldades que encontram são algumas das paisagens mais bonitas da América do Sul.

Durante 21 dias os motociclistas mineiros Adolpho, Jean e Wallace fizeram uma viagem de moto de Belo Horizonte até o Deserto do Atacama no Chile, seguindo depois para o sul até Viña del Mar, retornando então para o Brasil. Nesta viagem eles percorreram um total de 9.800 km de estradas do Brasil, Argentina e Chile.

Pagina 4 de 6
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia