Eu não sou um fã de ralis de motocicleta. Eu gosto de parar quando quiser parar, comer em restaurantes locais, que não sejam de grandes cadeias de restaurantes, freqüentado pelos locais e ficar em motéis funky (contanto que eles sejam limpos e seguros). Além disso, é muito mais fácil de conhecer pessoas novas e interessantes quando você está sozinho.

No sábado, 5 de maio, deixei Hinton para oeste pela OK-152, outro passeio muito bonito, com quase nenhum tráfego. Continuei nessa estrada para Pampa, Texas, criada em 1880 inicialmente como uma estação telegráfica da Ferrovia Southern Kansas. Tive um almoço maravilhoso no Café Dixie.

Eu mais do que compensei os passeios durante os dois últimos dias da viagem. Deixei Tuba City, indo para Flagstaff, ambas no Arizona, em 09 de maio. Ocorreu uma mudança dramática na vegetação ao longo da estrada, passando do deserto à floresta verde de altitude. Flagstaff, lar da Universidade do Norte do Arizona, parece um bom lugar para viver – linda paisagem, clima agradável e gente bonita.

Pilotei para leste de Show Low, Arizona, pela US 60 na manhã do dia 16 de maio.

Nesta rota, eu passei pelo telescópio de receptores de antena parabólica do National Radio Astronomy Observatory. Este enorme telescópio facilita o recebimento de imagens do telescópio NRAO, em órbita ao redor da Terra.

O engenheiro carioca Guilherme Edel, seu filho Thiago e o amigo Fernando Leal fizeram uma viagem de moto de costa a costa dos Estados Unidos entre os dias 08 e 26 de setembro de 2009 - 19 dias para percorrer 8.045 km.

Eles alugaram duas Harley-Davidson Road King para a viagem,

Jacqueline era garupa do Carlos e não estava satisfeita com esta posição. Resolveu sugerir ao marido que fizessem uma viagem de moto pela Rota 66, mas ela iria pilotar sua própria moto durante a viagem. Como nunca havia feito isto antes, nem na moto do marido, entrou numa moto escola. Tirou carteira e dois meses depois estava pilotando uma Harley-Davidson Heritage Softail pelas estradas americanas.

Uma aventura muito curiosa. Um grupo com 45 motociclistas do Reino Unido, Canadá, Estados Unidos e Alemanha, está percorrendo os Estados Unidos de costa a costa, num total de 3.294 milhas (5.270 km). Até aí nada de novidade, a não ser pelo fato das motocicletas utilizadas serem todas de fabricação anterior a 1916,

Pagina 3 de 3
Ver mais artigos

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia